segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Pedidos: Não te quero perder! (117º Post dedicado a TI)

Não sei o que dizer, não sei o que fazer... Só quero que fiques a saber, que por ti, era até capaz de morrer!
amo-te tanto, amor... Amo-te como nunca pensei conseguir amar, e só tu me consegues fazer sorrir, quando os meus olhos querem chorar!!! Desculpa se por vezes sou sensível, ou me mago-o facilmente! No entanto é bom saber amar de tal forma, que nada do que nos possam dizer, nos deita abaixo. Tenho tanto medo de te perder, medo que me deixes... Tenho medo de sofrer... Não quero ficar sem ti, nunca... Não iria conseguir viver sem as tuas palavras... nada... ='/ Promete, que nunca, mas nunca me deixarás! Amo-te para além de tudo meu príncipe*

Desde que te conheci que o tempo tem passado a correr... O mundo deixou de ser aquela bola, que eu sonhava ser perfeita, E passou a ser real, um mundo real! Com, alegrias, tristezas, coisas que eu nunca tinha visto antes... Que contigo conheci e aprendi a dominar! Parece mentira, mas
Dedico-te algum texto, sempre que posso, ou sempre que acho necessário escrever-te... se bem, que o é todos os dias, mas nem todos os dias tenho espírito para o fazer... pois tudo o que aqui digo, tu já sabes...
Talvez eu não tenha sido perfeita no passado, talvez não me importasse com as críticas, nem com as coisas que me diziam... posso ter errado muito... Mas não fiz nada que me faça agora pagar desta maneira... Eu não sou uma pessoa triste... nunca fui! E talvez por ter medo de te perder, que me deixes, tudo o que ouço, me doa, me deixe em baixo... Não sei... tenho medo que me critiques... Porque tal como tu dizes, apaixonaste-te por mim, como eu era! E eu quero continuar a ser essa pessoa, um pouco mais responsável, mas igualmente alegre e divertida, sempre á espera da próxima gargalhada... Também não temos tantas oportunidades para sorrirmos juntos, mas quando temos, dava tudo para estar sempre bem! Eu só sou feliz do teu lado, só estou bem quando estou nos teus braços! Quero ter algo, a que possamos chamar nosso, onde possamos estar os dois, sem ninguém para nos deitar abaixo, sem que tenhamos sempre tudo a nossa volta... quero ser livre contigo preso a mim!
Tenho saudades de ti, do teu perfume, do teu corpo... De tudo aquilo que nos une... Saudades de poder adormecer abraçada a ti, e acordar ainda envolvida nos teus braços... Olhar as estrelas do teu lado! Quero fugir contigo, para longe de tudo e de todos, seguir o mesmo rumo e os mesmos sonhos! Quero ficar contigo para sempre, sem nunca ter medo, este medo de te perder que hoje me perseguiu o tempo inteiro... Medo que deixes de me amar, medo que te afastes, medo de ficar sem aquilo que me fazes sentir... Tira-me este medo, por favor... tira-me todo o receio que tenho, faz com que todas estas coisas más desapareçam do meu pensamento! Diz-me que todos os dias o sol brilhará para nós dois, e que poderemos, juntos, banharmo-nos nele, como se fosse a última vez! Diz-me que cada dia das nossas vidas, vamos dar a mão, e passear juntos, sorridentes, ainda apaixonados... Diz que a cada amanhecer, acordarei a olhar para o teu rosto, e a sentir-me mais apaixonada, a cada sorriso teu, que sentirei os teus beijos, todas as manhãs, antes de sair de casa e todas as noites, ao chegar a casa! Que juntos vamos conseguir demonstrar a todos, o quão fortes somos juntos, e demonstrar ao mundo, que com todas as pedras que nos foram atiradas, conseguimos contruir o nosso castelo! Diz-lhes amor... diz a todos aqueles que não acreditam, que o nosso amor, não apareceu do nada, de repente! Que foi construído desde o primeiro tijolo, e que cada dia, mais um degrau é construído nos nossos corações, e este amor, que começou tão pequenino, hoje é maior que tudo o que respira, maior do que toda a existência conhecida pelo Homem, maior que a distância que o Homem nunca conseguiu percorrer a partir da terra! E todos saberão, que "o que Deus une num só destino, o Homem JAMAIS poderá separar! Somos a prova disso, ou não?"
Amo-te não só pelo que és, mas também pelo que me fazes sentir quando estou contigo!"

Sem comentários:

Enviar um comentário