segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Limitar-me-ei a ser quem sou!

Sou agressiva? Ás vezes... Sou irritadiça? Por vezes... Sou desesperada? Talvez... Sou impulsiva? Bastante... Sou imprevisível? Depende... Sou estúpida? Bastante... Sou aquela que muda tudo, pelos outros? Sim... Sou a otária que deixa que a espezinhem? Sempre... Sou a parvalhona que bate sempre na mesma tecla? Se calhar... Sou a idiota que não quer mudar??? NÃO... Acabou! Hoje é o último dia da minha vida em que deixarei de me irritar, digo logo, deixarei de me desesperar, deixo andar. Deixarei de ter impulsos, Ajo logo. Deixarei de ser imprevisível, aviso no momento. Deixarei de ser estúpida, alguém o será por mim. Deixarei de mudar tudo pelos outros, eles mudarão tudo por mim. Jamais deixarei que me espezinhem, não espezinharei os outros, vou deixá-los aprender á sua custa. Deixarei de ser a parvalhona que bate na mesma tecla, nunca mais voltarei a tocar-lhes... Deixarei de não querer mudar, JÁ MUDEI!
A partir de hoje não sou a mesma pessoa, vou deixar andar, em vez de tentar fazer andar... vou olhar nos olhos de quem me deitar abaixo, e sorrir. Pois só um sorriso toca mais no fundo daqueles que pensam que nos deitam abaixo. Um sorriso vale mais do que qualquer ofensa, que qualquer ignorancia! Vou somente sorrir... vou fazer um sorriso da minha vida. E todos os que me virem sorrir, saberão, que todos os feitiços têm o seu retorno! Sorriso... é a arma. Apetece-me chorar? Sorrio! Apetece-me gritar? SOrrio. Apetece-me destruír tudo? Sorrio!!! Só vou sorrir, e somente sorrir... Vou abrir um dia para o meu sorriso, um site, um tópico! Vou compôr uma música, vou até amar-te, mas apenas com um sorriso! A minha vida vai ser feita de sorrisos, verdadeiros, simples, apurados... Sorrir! E no fim, quando me perguntarem, porque tanto sorrio, apenas vou responder: "Posso não ser feliz na vida, mas faço de tudo na minha vida, uma imensa felicidade!"

Sem comentários:

Enviar um comentário